domingo, 27 de janeiro de 2013




Respingo. Às vezes entorno.
Seco por momentos e cambaleio à desistir.
Encho-me de novo, para logo chover outra vez.

7 comentários:

S* disse...

Não podes nunca desistir.

Ira Buscacio disse...

o vazio tb está cheio!

Um 2013 bonito e feliz e sempre de mãos dadas com a poesia
bj grande, Carolzinha

Secreta disse...

Entre cambaleios e chuvas, renascemos uma e outra vez...até que o SOl seja definitivo.
Beijito.

Shuzy disse...

Vejo beleza no nublado do ser...

Fred Caju disse...

Feliz ano também, bonita!

Anna Amorim disse...

Desaguando verdades!

Beijos e um semana inventiva, porque precisamos nos reinventar tantas x.

A Escafandrista disse...

Versos breves e tão reveladores, a poesia tem essa capacidade, de nos revelar melhor do que somos. Bjs linda, feliz ano novo!